Alta taxa de suicídio indígena reflete carência de direitos básicos, violência e falta de psicólogos

Falta de acesso a direitos básicos de saúde e assistência social, invasões territoriais, violência e abuso de bebidas alcoólicas estão no pano de fundo dos casos de suicídio por indígenas no Brasil, segundo dados e especialistas consultados pela InfoAmazonia. Um estudo publicado em fevereiro deste ano, liderado por pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), mostrou […]

Como investigamos o impacto da expansão da soja na saúde de crianças e adolescentes nos municípios do Mato Grosso

O Brasil é um dos maiores produtores de commodities agrícolas do mundo, atrás apenas de China e Índia, segundo dados da FAO. No país, o estado do Mato Grosso é o principal produtor de soja, milho, algodão e, ao mesmo tempo, também o maior usuário de agrotóxicos nas lavouras. Dos dez municípios com maior consumo […]

Ministério da Saúde confirma denúncia da InfoAmazonia sobre desvios de remédios da TI Yanomami para garimpos e anuncia investigação

Informação obtida nesta quarta-feira via Lei de Acesso à Informação (LAI) reconhece que número de lote denunciado do medicamento Artesunato+Mefloquina tinha como destino o distrito de saúde Yanomami. Reportagem da InfoAmazonia deu origem à investigação sobre desvios de remédios da TI Yanomami para garimpos.

Exclusivo: remédios do SUS para combater malária entre os Yanomami foram desviados e são vendidos por garimpeiros ilegais na internet

Investigação da InfoAmazonia encontrou medicamentos destinados ao combate à malária sendo comercializados por garimpeiros em grupos de WhatsApp. MPF aponta desvio dos medicamentos destinados à TI Yanomami. Indígenas vivem crise humanitária provocada pela falta de assistência em saúde agravada pela invasão ao seu território durante o governo de Jair Bolsonaro (PL).

Da Bolívia para o Tapajós: a rota ilegal do mercúrio até chegar nos garimpos das terras Munduruku

Reportagem do InfoAmazonia percorreu pontos do comércio ilegal de mercúrio na fronteira entre Bolívia e Brasil, onde o metal é usado ilegalmente nos garimpos da Amazônia para extração de ouro. Após a Convenção de Minamata, Bolívia se tornou o maior importador mundial de mercúrio, mas estima-se que metade seja contrabandeado para os países vizinhos, incluindo o Brasil, que zerou as importações legais da substância para uso na mineração.