‘Não há absolutamente nada de concreto sendo feito’ no Vale do Javari, diz líder indígena Beto Marubo

Nesta segunda-feira, 5 de junho, duas efemérides significativas coincidem, embora transmitam mensagens opostas: é Dia Mundial do Meio Ambiente e, também, completa-se o primeiro ano desde o assassinato do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips. Marubo, que liderou as buscas pelas vítimas, é um forte defensor do Vale do Javari, região amazônica onde o brutal crime ocorreu em 2022. Em entrevista à InfoAmazonia, ele declara que nada mudou na região nos primeiros cinco meses do governo Lula.

Degradação pode atingir até 70% da floresta em 2050, diz pesquisador David Lapola

Cientista é o autor principal de estudo publicado pela revista Science que concluiu que 38% da floresta amazônica está degradada e projetou, pela primeira vez, qual será o nível de degradação da Amazônia no futuro – e as estimativas não são nada animadoras. A degradação da floresta provocada por ação humana está entre as principais fontes de emissão de carbono.

Rita Mesquita é nomeada secretária nacional de biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente

Nomeada na tarde desta terça-feira (21), a agora secretária de Biodiversidade, Florestas e Direitos Animais falou à Rede Cidadã InfoAmazonia o que pensa sobre políticas públicas para áreas protegidas, bioeconomia, o papel dos governos estaduais e o combate às atividades ilegais nos territórios. Em posição estratégica dentro do Governo Lula, Rita é, por assim dizer, a guardiã da maior riqueza natural do Brasil, a biodiversidade, que também é uma das mais ameaçadas. Nesta entrevista, ela afirma que é necessário investir em bioeconomia e na gestão dos territórios.