Leilão do governo Bolsonaro para liberar garimpo na Amazônia incluiu áreas em Terra Indígena no Pará

Leilão da ANM lançado no final da gestão Bolsonaro disponibilizou áreas para legalizar garimpos, incluindo áreas na Terra Indígena Menkragnoti, no Pará, e em pelo menos nove unidades de conservação; cooperativas ligadas ao lobby pró-garimpo devem ser as mais beneficiadas. MPF instaurou investigação e organizações pedem cancelamento do edital.

Ministério da Saúde confirma denúncia da InfoAmazonia sobre desvios de remédios da TI Yanomami para garimpos e anuncia investigação

Informação obtida nesta quarta-feira via Lei de Acesso à Informação (LAI) reconhece que número de lote denunciado do medicamento Artesunato+Mefloquina tinha como destino o distrito de saúde Yanomami. Reportagem da InfoAmazonia deu origem à investigação sobre desvios de remédios da TI Yanomami para garimpos.