Mapas e documentos confirmam que 92% das terras desmatadas em Loreto, no Peru, pela empresa do americano Dennis Melka eram áreas como florestas, o que mostra operações ilegais para plantar cacau.

Ainda não há comentários. Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.