Dois casos de preconceito e violência — os assassinatos de Vitor e Dos Santos— são extremos de uma realidade que vive todos os dias a população indígena do Brasil.

Ainda não há comentários. Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.