“Os impactos da extração de madeira, queimadas e fragmentação têm recebido pouca atenção, porque todos os esforços têm sido focados na prevenção de novos desmatamentos”, diz a autora do estudo Erika Berenguer.

Ainda não há comentários. Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.