Postado em

Na estrada: provando o chão de terra da Transamazônica

Entre a BR 163 e a BR 230, muita poeira, carro quebrado e histórias. Relatos da estrada que margeia o Parque Nacional da Amazônia.

Ainda não há comentários. Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.