Em Setembro, o Rede InfoAmazonia participou do VI Encontro Latino-Americano de Gestão Comunitária da Água em Olmué, Chile para mostrar o projeto de monitoramento d’água e seu sensor Mãe d´Água.

Gina-Chile

Gestores comunitários da água conheceram o dispositivo Mãe d’Água e o sistema de monitoramento remoto do Rede InfoAmazonia. Foto: Rede InfoAmazonia

Na primeira semana de setembro deste ano (2015), o projeto Rede InfoAmazonia participou do VI Encontro Latino-Americano de Gestão Comunitária da Água em Olmué, Chile. O objetivo do evento é criar um espaço de intercâmbio de experiências e favorecer a gestão de organizações comunitárias e o diálogo entre as instituições envolvidas com a gestão da água e saneamento no continente.

O Projeto Rede InfoAmazonia participou da Feira da Água, um espaço do encontro dedicado às inovações tecnológicas que buscam melhorar serviços comunitários e a conservação deste recurso natural. A inauguração do encontro contou com a presença da Presidenta do Chile, Michelle Bachelet, que visitou a feira e conversou com os expositores.

Durante o encontro o Rede InfoAmazonia visitou as instalações da Cooperativa de Água El Granizo, e conheceu o seu sistema que conta com 55 km e 3.307 pontos de distribuição de água potável na cidade de Olmué. Após o encontro, no dia 10 de setembro, foi apresentado o projeto Rede InfoAmazonia no 7º Encontro de Oficinas do Programa de Fortalecimento de Serviços Sanitários Rurais da Cooperativa Hospital Champa.

IMG_0275 (Medium)

A presidente chilena, Michelle Bachelet, esteve na inauguração do evento. Foto: Rede InfoAmazonia

A participação na feira e a visita foram oportunidades de compreender como o equipamento Mãe d´Água e o sistema remoto de monitoramento podem fortalecer o trabalho das organizações comunitárias de água saneamento.

Os Encontros de Gestão Comunitária da Água são realizados anualmente pela Confederação Latino-Americana de Organizações Comunitárias de Serviços de Água e Saneamento (CLOCSAS), e esta edição foi co-realizada pela Federação Nacional de Água Potável Rural do Chile (FENAPRU) e reuniu quase 500 gestores comunitários de mais de 24 países de América Latina e Caribe.

O Brasil também foi representado no encontro pela a Articulação Semiárido Brasileiro (Asa Brasil), que reúne a Plataforma Semiáridos América Latina, a Rede Chaco e a Confederação Latino-Americana dos Serviços Comunitários de Água e Saneamento.