O Amazônia Real fez um documentário sobre a vida do guerreiro Aruká e de suas filhas. Eles relatam as dificuldades que enfrentam para sobreviver e como estão criando seus filhos, nascidos de casamentos interétnicos com índios Uru-eu-wau-wau.

No mês de novembro de 2014, a reportagem da agência Amazônia Real viajou de avião, carro e barco para visitar a aldeia da etnia Juma, localizada no município de Canutama, no Amazonas, na região da Transamazônica, na divisa com o Estado de Rondônia.

Além das matérias especiais, a equipe fez um documentário sobre a vida do guerreiro Aruká e de suas filhas, Borehá, Maitá e Mandeí. Eles relatam as dificuldades que enfrentam para sobreviver no território tradicional e como estão criando seus filhos, nascidos de casamentos interétnicos com índios Uru-eu-wau-wau.

Veja o documentário abaixo:

Ainda não há comentários. Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.