Após 15 anos de exploração de petróleo e seis meses antes do final do seu contrato, Pluspetrol luta nos tribunais por não pagar milhões em multas por infrações ambientais.

Ainda não há comentários. Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.