A Secretaria de Hidrocarbonetos do Equador entregou o bloco 43 à Petroamazonas para pesquisa e exploração de petróleo. Líder da comunidade de Llanchama diz que as empresas realizam atividades sem o consentimento dos habitantes.

Ainda não há comentários. Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.