: Memória viva dos seringueiros, Sabá Marinho continua na luta pela floresta em pé

Memória viva dos seringueiros, Sabá Marinho continua na luta pela floresta em pé

ter, 05 de maio de 2020

Liderança histórica, aliado de Chico Mendes pergunta: “Quantos companheiros não estão trocando o sangue do Chico por dinheiro? Tem muitos!”

O entrevistado do quarto episódio da série “Vozes da Floresta – A aliança dos Povos da Floresta de Chico Mendes a nossos dias” é Sabá Marinho, líder seringueiro em Xapuri (AC) e companheiro de lutas de Chico Mendes, .

Memória viva do movimento dos seringueiros, ele fala da escravidão nos seringais, da chegada do latifúndio, dos conflitos nos anos 70 e 80.

Ele também recorda do início do movimento encabeçado por Chico Mendes, o que levou à formação da Aliança dos Povos da Floresta.

“E aí o Chico conversou com os índios: ‘Companheiros, nós somos iguais, nós somos trabalhadores. Vocês precisam da terra, nós precisamos também. É eles que tão pegando nós e jogando um contra o outro. Então vamos fazer o seguinte, vamos se unir agora. Vamos fazer a nossa Aliança’. Foi quando surgiu a Aliança dos Povos da Floresta”.

Na entrevista, ele ainda nos conta sobre a continuidade da tradição dos seringueiros, das traições, das lutas atuais e do futuro da floresta.

“A única vontade que eu tinha é de me sepultar lá no meio da floresta. Se eu morresse aqui que me levassem e sepultassem lá no meio da floresta”, disse Sabá.

Assista a entrevista completa

Sobre a série

“Vozes Da Floresta – A Aliança dos Povos da Floresta de Chico Mendes a Nossos Dias” é uma série composta por entrevistas com lideranças indígenas, extrativistas e militantes refletindo sobre as lutas pela preservação das florestas e dos direitos dos povos que a habitam, lembrando o passado e o presente desta poderosa articulação entre indígenas e seringueiros.

Traz momentos importantes dessa história, que teve entre suas lideranças Chico Mendes, seringueiro que conseguiu projeção internacional nos anos 1980 discutindo a questão da preservação das florestas brasileiras, e que por sua luta foi covardemente assassinado a mando de fazendeiros em 1988.

Dirigida e roteirizada pelo cineasta e jornalista Thiago B. Mendonça, autor de diversos filmes premiados entre ficções e documentários como “Jovens Infelizes” (2016), “Entremundo” (2015), “Procura-se Irenice” (2015), “A guerra dos gibis” (2013) e “Piove, il film di Pio” (2012),a série foi produzida com o apoio do Rainforest Journalism Fund, em associação com o Centro Pulitzer. A produção é da Memória Viva, em parceria com o Le Monde Diplomatique e tem o apoio da InfoAmazonia e da Saci Filmes do Acre.

Veja também
O primeiro episódio foi com Ailton Krenak que discutiu a ideia da Aliança para os dias de hoje, o que é ser índio no Brasil

×

Encontre a localização

Encontrar

Resultados:

Latitude:
Longitude:

Finalizar geocodificação

×

Envie um artigo

Você tem alguma notícia para compartilhar sobre a Amazônia? Contribua para este mapa enviando uma reportagem. Ajude a ampliar o entendimento do impacto global desta importante região.

Encontre localização no mapa

Encontre localização no mapa